HIT THE GLASS

quinta-feira, 30 de agosto de 2012

A NBA e seus uniformes


Uniformes. Quem acompanha o Twitter, já notou que gosto muito de falar sobre eles. Desde o mínimo detalhe, até o que um time pode fazer pra melhorá-lo. No que pode ser a última temporada sem propagandas (#NoUniAds), uma pequena análise dos uniformes da NBA.

Atlanta Hawks: o time passou de um dos uniformes com mais personalidade na NBA para um uniforme genérico, com detalhes desnecessários e um uniforme, aparentemente, amaldiçoado. Mesmo assim, gosto do uniforme vermelho, mesmo que, apenas por me dar oportunidade de gritar “ATL shawty!”

Boston Celtics: um uniforme tira a oportunidade de ter o melhor conjunto de uniformes da NBA. Se o Celtics largar o uniforme verde e preto... Apesar de tradicionalista, gosto muito do verde e dourado.

Brooklyn Nets: se a foto que vazou for verdadeira, uma falta de imaginação tremenda. Com a camisa de casa usando Brooklyn e não Nets, imagino que o time imite o Knicks, que usa apenas New York em todos uniformes.

O outro uniforme que apareceu, faz parte de um concurso de design. Talvez, Jay-Z adote-os, mas, não tem nada de oficial, por enquanto.

Charlotte Bobcats: o time passou de uniformes feios para uma cópia do Mavs. O número fora do centro, principalmente no Cats, faz o uniforme parecer “fora do eixo”. Mas, perto do que era, uma melhora incrível.

Chicago Bulls: Poucas mudanças na história, um uniforme clássico. Gostaria de ver o retorno do uniforme com letra cursiva.

Cleveland Cavaliers: mais um caso de falta de criatividade. O retorno do V como cesta seria um belo toque.

Dallas Mavericks: o time texano passou de uniformes com um pouco de personalidade, e o excelente logo, para algo genérico na NBA dos anos 2000.

Denver Nuggets: o Nuggets teve um dos uniformes mais legais da história da NBA. Hoje, tem uniformes bons, ajudados, e muito, pela mudança de tecido, que acabou com o brilho... Não! Brilho literal.

Detroit Pistons: Seguindo o exemplo do Los Angeles Lakers, Detroit pegou seu melhor design e trouxe para o século XXI. Uma boa coisa, já que, a última tentativa de renovação nos deu nisso...

Golden State Warriors: Bom ver um time que sempre inovou, mas acabou caindo nos erros dos anos 90, voltar a ter clássicos.

Houston Rockets: um time que se beneficiaria do script escrito pelo Lakers. Depois de abandonar os uniformes que venceram dois títulos da NBA, Houston vestiu pijamas e um uniforme que tenta inovar, mas falha terrivelmente.

Indiana Pacers: Um uniforme simples após um uniforme que tentava fazer de tudo um pouco. Nada, no entanto, vai chegar perto dos usados por Reggie Miller, um dos jogadores mais odiados da NBA.

Los Angeles Clippers: O Clippers manteve uma consistência pelos anos. O único problema dos uniformes atuais são os detalhes embaixo dos braços e dos lados.

Los Angeles Lakers: o outro time de Los Angeles também não mudou muito. O Lakers foi o primeiro time a modernizar o visual do passado. Apesar de tudo, ainda dá saudades do uniforme com diferença de cores dos nos 80. E, nenhum vai ser tão legal quanto o imortalizado por Elgin Baylor.

Memphis Grizzlies: chegando no meio dos anos 90, o Grizzlies sofreu com os exageros da década. Mas, conseguiu se recuperar. E, podem falar, mas gosto do uniforme que homenageia o Memphis Tams.

Miami Heat: um dos poucos times que adicionam um elemento de design maior no “logo” no uniforme. O T tem uma chama, um belo toque. Agora, por favor, parem de usar o uniforme monocromático...

Milwaukee Bucks: Milwaukee já tentou inovar, na época em que o mundo se apaixonou por detalhes duvidosos. Agora, tem um uniforme simples, que não é feio, mas também vai ganhar nenhum prêmio de design.

Minnesota Timberwolves: o time encontrou uma bela maneira de deixar para trás os uniformes antigos, mas ainda manter alguns detalhes, como as árvores presentes na época de Kevin Garnett e Stephon Marbury.

New Orleans Hornets: tirando a homenagem ao Mardi Gras, o Hornets tenta manter o visual da época de Charlotte. Agora, hora de devolver o nome Jazz para a cidade que mais representa a música na NBA.

New York Knicks: finalmente o Knicks abandonou o preto que poluiu os uniformes do time desde 1997 e seguiu a ideia do Lakers e Pistons: trazer um uniforme clássico para o futuro. Para ficar perfeito, o time poderia abandonar o cinza e pintar o garrafão do Madison Square Garden de azul.

Oklahoma City Thunder: o time com um dos piores logos da NBA tem um dos uniformes mais genéricos. Melhoraria muito se movessem o CITY para baixo do número.

Orlando Magic: Ah, Orlando. De um logo que representava a mágica da Disney e do nome para um logo genérico. E de uniformes excelentes para uma cópia mal feita dos mesmos.

Philadelphia 76ers: Um time com uma história de uniformes horríveis tomou o mesmo caminho do Pistons: imitou o Lakers. E deu muito certo!

Phoenix Suns: os uniformes mais feios da NBA? Provavelmente. Existem rumores de que, com a saída de Steve Nash, o Suns retorne ao visual dos anos 90. Por favor, sim.

Sacramento Kings: uma equipe que inovou, colocando o nome do atleta abaixo do número, sofre com um uniforme que não se destaca dos demais. Tenta ser diferente e erra em todos elementos, dos números estranhos até as letras apertadas.

San Antonio Spurs: prova de que, com criatividade, pode se fazer um belo uniforme. A espora sendo incorporada ao nome do time é um detalhe que coloca esse uniforme entre os melhores da Liga.

Toronto Raptors: depois de um uniforme que era a cara dos anos 90, o Raptors tente se distanciar da imagem que rendeu o apelido de Barneys. Hoje em dia, Toronto parece ainda procurar sua identidade, e isso é refletido nos uniformes.

Utah Jazz: Adivinhem, mais um time que acertou ao trazer o uniforme antigo de volta. Embora foram as montanhas, de volta veio a nota musical. Mas, Utah, devolva o nome para New Orleans.

Washington Wizards: numa tentativa errônea de se desassociar da violência, o Bullets mudou seu nome para Wizards e seus uniformes para uma droga. Agora, o time trouxe de volta o espírito funk dos anos 70. Espero que permanece por muito tempo. De preferência, com Bullets, novamente, na camiseta.

Claro que, a beleza dos uniformes é subjetiva. Sintam-se livres para comentar.


Share This

3 comentários:

Designed By Blogger Templates | Distributed By Gooyaabi Templates